Prefeitura Municipal de Junqueirópolis

EDUCAÇÃO ???

Setembro de 2.021 - Edição 168 - Informativo da Divisão Municipal de Educação de Junqueirópolis

PESQUISA LANÇADA PARA A ESCOLHA DO NOME DO JORNAL

A Educação de Junqueirópolis ganha ainda esse ano um jornal destinado a publicação dos trabalhos realizados pelos alunos, em um formato novo, será organizado em sessões:

  • QUISER QUE CONTE OUTRA.....: textos reescritos pelos alunos ou originais trabalhados em sala de aula, como: fábulas, crônicas, contos de fadas, contos de artimanhas entre outros.
  • ACONTECE AQUI !!!: projetos que serão realizados em sala de aula e compartilhados aqui por carta do leitor, entrevistas, depoimentos de alunos, família e comunidade, aulas online e remotas.
  • SOLTANDO OS BICHOS: textos informativos, ficha técnica, curiosidades, trabalhados em sala de aula.
  • É CULTURA: Indicações de filmes, séries, indicações literárias para adulto/família e para as crianças.
  • CONECTADOS: indicação das ferramentas digitais nas aulas: jogos on-line, quiz, folhinhas interativas, padlet.
  • DIVERTIDA MENTE: Cruzadinhas, caça palavras, achei, piadas, tirinhas, adivinhas.
  • RECRE&AÇÃO: Educação física, artes, jogos e brincadeiras.

Todos os conteúdos do jornal serão produzidos por alunos juntamente com os professores e coordenadores das escolas.

Nesta primeira edição o jornal ainda não conta com um nome oficial. Para a escolha do nome cada Escola de Ensino Fundamental fez uma indicação:

O ESTUDANTIL, DIÁRIO DO ESTUDANTE, FOLHINHA KIDS, EDUC@.COM, EDUC@.ON, sendo toda comunidade escolar convidada a votar pelo googleforms que será enviado por rede social nos grupos de cada escola.


Soul
É CULTURA
Confira nossas indicações de filmes,
séries e literatura na página 5

Kiwi
SOLTANDO OS BICHOS
Vocês sabem que bicho é esse?
Descubra na página 4

Soul
ACONTECE AQUI
Alunos dos 4° anos entrevistam Médico,
sobre tema COVID-19, leia na página 3


Informativo das Ações
Municipais de Educação

Uma publicação pedagógica
da Diretoria Municipal
de Educação de Junqueirópolis

Tiragem: 2.500 exemplares
Diretor responsável: José Henrique Rossi
Jornalista responsável: Pedro V. Adami Jr. MTB91680/SP
Presidente da República: Jair Messias Bolsonaro
Ministro da Educação: Milton Ribeiro
Governador do Estado: João Agripino da Costa Doria Junior
Secretário da Educação: Rossieli Soares da Silva
Prefeito Municipal: Osmar Pinatto
Diretor da Educação: José Henrique Rossi
Conselho Editorial: Alessandra D.Abonízio, Alexsandra Maria O. dos Santos, Danila Ap. B. Violin, Elaine Cristina de S. Batista, Elisângela M. N. Monção, Eunice Francino Freire, Eva das N. A. Ubeda,Fernanda Cristina L. Leandro,Geórgia Paula R. Costa, Juliana Laís Santos, Juliana da Silva Mesquita,Kelly Luciana D. Perez,Lilian Cristina do Nascimento,Maria Edna do R. Bonancin, Mônica Ap. da Silva,Nayara V. B. Bevilaqua, Rosângela F. da Silva,Sidinéia Ap. M. Favaretto,Silvana Dias,Silvânia N. Mosaner,Terezinha Eliana L. da S. Trevisan, Vanessa B. Silva.

O GATO DE BOTAS

O GATO DE BOTAS

ERA UMA VEZ UM VELHO MOLEIRO QUE TINHA TRÊS FILHOS. AO MORRER, DEIXOU, COMO HERANÇA, O MOINHO PARA O PRIMOGÊNITO, UM BURRINHO PARA O FILHO DO MEIO E UM GATO PARA O CAÇULA, QUE SE PÔS A CHORAR:

- O QUE SERÁ DE MIM? POR QUE PAPAI ME DEIXOU DESAMPARADO? VOU MORRER DE FOME!

O FELINO, QUE OUVIA TUDO EM SILÊNCIO, RESOLVEU FALAR:

- NÃO SE PREOCUPE! PEÇO APENAS QUE COMPRE PARA MIM UM PAR DE BOTAS E UMA BOLSA DE COURO. ENTÃO, PROVAREI QUE SOU MAIS ÚTIL QUE O MOINHO E O BURRO. SURPRESO COM A FIRMEZA DESSAS PALAVRAS, O CAÇULA CONTOU AS ÚLTIMAS MOEDAS E SAIU PARA ADQUIRIR AS ENCOMENDAS.

LOGO QUE RECEBEU SEUS PRESENTES, O GATO DIRIGIU-SE AO BOSQUE, ONDE CAPTUROU DUAS CODORNAS. EM SEGUIDA, ENTREGOU-AS AO REI E DISSE QUE FORAM MIMOS DO MARQUÊS DE CARA’BÁS - NA VERDADE, UM TÍTULO INVENTADO, PARA APROXIMAR O RAPAZ DO SOBERANO. A ESTRATÉGIA CONTINUOU DURANTE MESES, DEIXANDO SUA MAJESTADE CADA DIA MAIS CURIOSO PARA CONHECER O TAL NOBRE.

EM UMA BELA TARDE, SABENDO QUE O MONARCA E A PRINCESA SAIRIAM PARA PASSEAR, O GATO CONVIDOU O JOVEM PARA DESCANSAREM À MARGEM DO RIO. TIRAVAM UMA SONECA, QUANDO A CARRUAGEM REAL SE APROXIMOU. SEM PESTANEJAR, O FELINO DESPERTOU SEU PROPRIETÁRIO E DISSE:

- SE HOJE VOCÊ ME ESCUTAR, TRAÇARÁ SEU DESTINO. NÃO SE ESQUEÇA DE QUE AGORA É O MARQUÊS DE CARABÁS! RETIRE SUAS ROUPAS E ENTRE LOGO NO RIO! O RESTO EU FAÇO.

ENQUANTO O DONO OBEDECIA, O GATO CORREU EM DIREÇÃO À CARRUAGEM, GRITANDO:

- SOCORRO! ROUBARAM AS ROUPAS DE MEU SENHOR, O MARQUÊS DE CARABÁS!

AO OUVIR AQUELE NOME, O REI ORDENOU QUE PARASSEM. INTEIROU-SE DO ACONTECIDO, DETERMINOU QUE PROVIDENCIASSEM TRAJES PARA O RAPAZ E O CONVIDOU PARA ENTRAR NA CARRUAGEM.

O GATO, SORRATEIRAMENTE, PERGUNTOU:

- VOSSA MAJESTADE NOS DARIA A HONRA DE VISITAR O PALÁCIO DO MARQUÊS DE CARABÁS? O REI ACEITOU O CONVITE, E O GATO FOI NA FRENTE, POIS ANUNCIARIA A CHEGADA DA FAMÍLIA REAL. NA VERDADE, O FELINO SAIU EM DIREÇÃO ÀS TERRAS DE UM RICO E MISTERIOSO OGRO.

QUANDO ALCANÇOU AS PROPRIEDADES DO MONSTRENGO, O ASTUTO COMUNICOU AOS CAMPONESES QUE ALI TRABALHAVAM:

O REI ESTÁ CHEGANDO! SE NÃO DISSEREM QUE TODA ESTA PAISAGEM PERTENCE AO MARQUÊS DE CARABÁS, SERÃO SENTENCIADOS À MORTE.

ASSIM, QUANDO O MONARCA PERGUNTOU DE QUEM ERAM AQUELES CAMPOS VERDINHOS, OS LAVRADORES PROFERIRAM:

- DO NOBRE MARQUÊS DE CARABÁS!

MAIS ADIANTE, O GATO ENCONTROU AGRICULTORES A COLOCAR TRIGO EM UMA CARROÇA E OS ADVERTIU:

- O REI ESTÁ A CHEGAR! SE NÃO DISSEREM QUE TODO ESTE TRIGO PERTENCE AO MARQUÊS DE CARABÁS, SERÃO CONDENADOS AO CALABOUÇO.

DESSE MODO, QUANDO O REI PERGUNTOU DE QUEM ERAM AQUELES GRÃOS, RESPONDERAM:

- DO MARQUÊS DE CARABÁS! ASSIM, O GATO CONTINUOU A CORRER, ATÉ ALCANÇAR O CASTELO DO TERRÍVEL OGRO, QUE, AO VÊ-LO, INDAGOU:

- QUEM É VOCÊ? O QUE DESEJA EM MEUS DOMÍNIOS?

- SOU O GATO DE BOTAS, SEU MODESTO SERVO! OUVI DIZER QUE O SENHOR POSSUI PODERES MÁGICOS, MAS NÃO ACREDITEI, POIS SÓ CREIO NAQUILO QUE VEJO... SERÁ QUE CONSEGUIRIA ME TRANSFORMAR EM UM LEÃO?

IMEDIATAMENTE, HOUVE A METAMORFOSE, E O BICHANO EMENDOU: — NOSSA! MAS EU DUVIDO QUE VOCÊ CONSIGA VIRAR UM RATINHO! CHEIO DE ORGULHO, O OGRO SE CONVERTEU EM ROEDOR. SEM PERDER TEMPO, O LEÃO O COMEU E, EM SEGUIDA, VOLTOU À FORMA NATURAL.

NAQUELE MOMENTO, O REI CHEGARA ÀS PORTAS DO PALÁCIO E, IMPRESSIONADO COM A RIQUEZA E COM A MODÉSTIA DO JOVEM, OFERECEU A MÃO DA PRINCESA EM CASAMENTO.

BEM GALERINHA, ESSA FOI UMA DAS VERSÕES QUE OS ALUNOS DOS SEGUNDOS ANOS DA ESCOLA NEYDE MACEDO CONHECERAM, SE VOCÊ CONHECE OUTRA VERSÃO... CONTE OUTRA ENTÃO...

 

Leia o Livro Online

 

CRÔNICA

 

Os textos têm várias funções sociais e cada gênero está relacionado a um objetivo. As crônicas são textos que nos trazem um evento do dia a dia de uma forma, geralmente, bem-humorada. Divirta-se com a leitura de uma crônica indicado pelos alunos do 5º ano da Professora Anna Carolina Marquez Kuert Lemos.

PNEU FURADO

LUÍS FERNANDO VERÍSSIMO

O carro estava encostado no meio-fio, com um pneu furado. De pé ao lado do carro, olhando desconsoladamente para o pneu, uma moça muito bonita. Tão bonita que atrás parou outro carro e dele desceu um homem dizendo: “Pode deixar”. Ele trocará o pneu.

- Você tem macaco? - Perguntou o homem.

- Não - Respondeu a moça.

- Vamos usar o meu - disse o homem - Você tem estepe?

- Não. - disse a moça.

- Vamos usar o meu. – Disse o homem.

E pôs-se a trabalhar, trocando o pneu, sob o olhar da moça. Terminou no momento em que chegava o ônibus que a moça estava esperando. Ele ficou ali, suando, de boca aberta, vendo o ônibus se afastar. Dali a pouco chegou o dono do carro.

- Puxa, você trocou o pneu do carro pra mim. Muito obrigado.

- É. Eu... Eu não posso ver pneu furado. Tenho que trocar.

- Coisa estranha.

- É uma compulsão. Sei lá.

FÁBULAS

 

O que são fábulas?

A fábula veio do conto, e se diferencia dele porque o contador explicita nela uma lição de moral. As fábulas também possuem freqüentemente apenas animais como personagens. A esses animais são atribuídas características humanas.

Quem foi Esopo?

Pouco se sabe sobre Esopo, há quem duvide até da sua existência. A primeira referência ao escritor foi feita por Heródoto, que comentou o fato do contador de fábulas ter sido escravo.

Nascido supostamente no século VI a.C. ou VII a.C., na Ásia Menor, Esopo foi um contador de histórias de imensa cultura que foi capturado e levado para a Grécia para servir como escravo.

Esopo fez tanto sucesso na Grécia que o escultor Lisipes ergueu uma estátua em sua homenagem. O contador de fábulas teve um final de vida trágico, sendo condenado à morte por um crime que não cometeu.

A história que será contada a seguir é um clássico de Esopo que foi recontado por La Fontaine, outro grande impulsionador da divulgação das fábulas. A lebre e a tartaruga é uma típica fábula: não se sabe quando o evento se passou, nem onde, e os personagens centrais são animais com características humanas - têm sentimentos, falam, possuem consciência.

A lebre e a tartaruga

- Tenho pena de você -, disse uma vez a lebre à tartaruga: - obrigada a andar com a tua casa às costas, não podes passear, correr, brincar, e livrar-te de teus inimigos.

- Guarda para ti a tua compaixão - disse a tartaruga - pesada como sou, e tu ligeira como te gabas de ser, apostemos que eu chego primeiro do que tu a qualquer meta que nos proponhamos a alcançar.

- Vá feito, disse a lebre: só pela graça aceito a aposta.

Ajustada a meta, pôs-se a tartaruga a caminho; a lebre que a via, pesada, ir remando em seco, ria-se como uma perdida; e pôs-se a saltar, a divertir-se; e a tartaruga ia-se adiantando.

- Olá! camarada, disse-lhe a lebre, não te canses assim! Que galope é esse? Olha que eu vou dormir um pouquinho.

E se bem o disse, melhor o fez; para escarnecer da tartaruga, deitou-se, e fingiu dormir, dizendo: sempre hei de chegar a tempo. De súbito olha; já era tarde; a tartaruga estava na meta, e vencedora lhe retribuía os seus deboches:

- Que vergonha! Uma tartaruga venceu em ligeireza a uma lebre!

MORAL DA HISTÓRIA: Nada vale correr; cumpre partir em tempo, e não se divertir pelo caminho.

A lebre e a tartaruga
ft1

ft2

ft3

 

Em setembro, comemora-se a Semana Nacional do Trânsito. Todos os anos as Escolas Municipais participam de ações de Conscientização sobre o Trânsito e este ano não foi diferente. Os alunos dos 1º aos 5º anos produziram frases para a confecção de faixas que foram dispostas pela cidade com o objetivo de conscientizar motoristas e pedestres. Os alunos das pré-escolas fizeram desenhos representativos dos cuidados no trânsito que foram dispostos em mural na escola.

PAINÉIS DE DESENHOS DAS TURMAS DA PRÉ-ESCOLA DA ESCOLA JAIR

Roda de jornal

Alunos da Professora Gláucia

Uma potente estratégia de leitura que coloca o aluno na vivência e reflexão da atualidade, tornando-o um ser ativo, crítico e participativo da realidade social.

Os alunos do 4º ano da professora Gláucia da Escola Neyde Macedo, no dia 24 de agosto de 2021, realizaram uma roda de jornal com o “Jornal Joca”, este por sua vez é direcionado a crianças e adolescentes, apresenta conteúdos super atuais e interessantes, que chamam a atenção dos leitores e os conectam com os assuntos do Brasil e do mundo.

Trabalhar com jornal na escola, de maneira não escolarizada, é uma excelente oportunidade de possibilitar aos alunos o desenvolvimento de habilidades de leitura e escrita por meio de textos diversos. Além disso, eles se modernizaram, passaram por reestruturações gráficas e editoriais, proporcionando leitura mais agradável de seu conteúdo.

Adquirir o hábito de ler jornal, informando-se a respeito do que acontece, permite aos alunos desenvolver senso crítico, vivenciando situações em que possam opinar, argumentar e verificar o que leram, além de enriquecer a capacidade de entendimento, principalmente ao acréscimo, ampliação do vocabulário e compreensão de textos, melhorando a qualidade das intervenções verbais, expandindo as informações do educando sobre o mundo e a comunidade onde vive.

Desta maneira, o jornal reflete os valores, a ética, a cidadania, por meio dos mais variados temas, transformando-se em uma ferramenta importante para que o educando possa compreender em que sociedade está vivendo e convivendo, tornando-se assim cidadãos mais informados e participativos.

Produzida pela professora Gláucia Mazzaro dos Santos

Alunos dos 4° anos entrevistam Médico sobre tema COVID-19

Alunos dos 4° anos entrevistam Médico sobre tema COVID-19

Uso de mídias digitais no ensino remoto.

Tendo em vista o momento de pandemia que estamos vivendo e através de questionamentos sobre o tema COVID-19, feitos pelos os alunos, dadas circulações de muitas fakenews, as professoras do 4° anos da E.M. Profª Shigueko Oto Iwaki, Bianca Bernardino, Maria Lúcia Bandeca, Natália Benites e Sandra Tomilhero, sentiram a necessidade de buscar um conhecimento profissional direcionado a área da saúde.Para isso convidaram o Doutor Renan Alexandre Baptista Bonancim, formado pela Universidade de Vassouras (UV) – Rio de Janeiro, especialista em Clínica Médica (Hospital Unimed-Rio), Professor na disciplina de Gastroenterologia na Universidade de Vassouras, e Médico da equipe clínica do Hospital Oeste D’or.

A entrevista aconteceu pela plataforma Google MEET, no dia 26 de abril às 7h30min.. Nesta os alunos esclareceram suas dúvidas através de perguntas previamente formuladas e organizadas por eles, foi um momento produtivo e de muita interação.

As mídias digitais causam impactos sociais nos alunos e são ferramentas muito importantes para a qualidade do ensino.

As tecnologias de comunicação têm ganhado cada vez mais espaço na sociedade e a escola enquanto espaço social não está fora deste contexto.


ALFABICHOS – UMA DESCOBERTA ANIMAL!

 

AS PRÉ-ESCOLAS II DO NOSSO MUNICÍPIO DESENVOLVERAM UM TRABALHO DENOMINADO “PROJETO ALFABICHOS”.

OS ALUNOS DAS PRÉ-ESCOLAS II DO MUNICÍPIO DESENVOLVERAM O “PROJETO ALFABICHOS”, O QUAL INCLUIU MUITA INFORMAÇÃO, DIVERSÃO E APRENDIZAGEM.

ASSUNTOS RELACIONADOS AO MUNDO ANIMAL SEMPRE FORAM MUITO ATRAENTES PARA AS CRIANÇAS, POR ISSO ESSE TEMA FOI ESCOLHIDO PARA SER TRABALHADO COM OS ALUNOS EM FASE PRÉ-ESCOLAR NAS ESCOLAS MUNICIPAIS.

O TRABALHO TRAZIA DIARIAMENTE INFORMAÇÕES, POESIA, CANÇÕES, CANTIGAS E VÍDEOS COM CURIOSIDADES E INFORMAÇÕES SOBRE O ANIMAL APRESENTADO, CUJO NOME SE INICIAVA COM AS LETRAS DO ALFABETO, SEGUINDO SUA ORDEM.

UM DOS ANIMAIS TRABALHADOS COM A LETRA D, FOI O DROMEDÁRIO, ESSE ANIMAL DE NOME MUITO DIFERENTE FOI JUSTAMENTE O NOME QUE INSPIROU O PROJETO QUE SE BASEOU NO LIVRO “O ABC DO DROMEDÁRIO” DE ALEXANDRE AZEVEDO.

VOCÊ SABIA QUE...

O CAMELO E O DROMEDÁRIO FAZEM PARTE DA MESMA FAMÍLIA, A CAMELIDAE, E QUE SÃO MESMO MUITO PARECIDOS? ELES TAMBÉM TÊM UMA DIFERENÇA FÍSICA BEM VISÍVEL: O CAMELO APRESENTA DUAS CORCOVAS, FORMADAS POR DEPÓSITOS DE GORDURA, E O DROMEDÁRIO TEM APENAS UMA?

POIS É GALERINHA, MAS OS ALUNOS APRENDERAM TAMBÉM UM POEMA DO LIVRO QUE SE CHAMA DROMEDÁRIO.

Camelo

DROMEDÁRIO

 

O DROMEDÁRIO QUIS SABER

POR QUE TINHA UMA SÓ CORCOVA,

E O CAMELO, AO LHE RESPONDER,

FOI LHE PROPONDO UMA PROVA:

FICARIA ELE APENAS COM UMA

E LHE DARIA A OUTRA CORCOVA.

 

O DROMEDÁRIO DESCONFIOU,

PENSOU, PESOU E SE PERGUNTOU:

MAS, POR QUE TER DUAS CORCOVAS,

SE COM UMA JÁ ANDO CANSADO?

COM DUAS, O CANSAÇO SERÁ DOBRADO.

E COM O CAMELO, NÃO CONCORDOU.

 

DESPEDINDO-SE DO CAMELO,

LÁ SE FOI O DROMEDÁRIO FELIZ,

BALANÇANDO A SUA CORCOVA

E REPETINDO UM DITADO QUE DIZ:

UMA PARA ELE E DUAS PARA O CAMELO,

POIS É ASSIM QUE DEUS APROVA.

ALEXANDRE AZEVEDO


Vocês sabem que bicho é esse?

 

Veja só a descoberta legal que a turminha do Primeiro Ano da Escola Jair Luiz da Silva, da Professora Silvana Rodrigues fez ao estudar o alfabicho em suas aulas.

Camelo

É UM KIWI... ISSO MESMO, O KIWI NÃO É APENAS UM FRUTO, E SIM, TAMBÉM, O NOME DADO PARA UM ANIMAL PECULIAR. ESSA AVE É ENCONTRADA NA NOVA ZELÂNDIA, POSSUI UM CORPO PEQUENO COBERTO DE PLUMAGEM QUE SE ASSEMELHA À PELOS E UM BICO LONGO E FINO.

ATUALMENTE, SÃO REGISTRADAS CINCO ESPÉCIES DA AVE, TODAS PERTENCENTES AO GÊNERO APTERYX.

O KIWI NÃO É CAPAZ DE VOAR, SENDO CLASSIFICADO COMO AVE RATITA, ASSIM COMO A EMA E O AVESTRUZ. POR SER INCAPAZ DE VOAR, É FACILMENTE CAPTURADO POR PREDADORES.

Ficha técnica do animal

DE ONDE VEIO NOVA ZELÂNDIA
ALIMENTAÇÃO FRUTAS, SEMENTES, INSETOS E PEQUENOS VERMES
PESO 2 A 3 QUILOS
ALTURA DE 25 ATÉ 50 CENTÍMETROS
ONDE VIVE EM BOSQUES E LOCAIS MONTANHOSOS

CURIOSIDADES: GERALMENTE OS OVOS SÃO GRANDES, SÃO AVES PENALTAS OU CAÇADORAS, SÃO INDEPENDENTES, OU SEJA, ASSIM QUE SAEM DO NINHO, VÃO EM BUSCA DE ALIMENTO E NECESSITAM DE AJUDA DE SEUS PAIS.

CINEMA

 

soul

 

“Soul” o novo filme da Pixar,questiona nossas aspirações e propósitos da vida ao contar a história de Joe Gardner, um músico de jazz frustrado que dá aulas para sobreviver enquanto corre atrás do seu sonho em ser um artista de sucesso. Mas justamente quando ele está próximo de tudo que ele sempre quis, Joe morre em um acidente (isso não é um spoiler, acontece no início do filme) e tudo começa a mudar.

Com “Soul” a Pixar consegue mais uma vez emocionar o público com a ideia de um personagem que precisa voltar para casa, mas acaba se encontrando nesse processo, arrancando algumas lágrimas do público durante o longa-metragem e fazendo todos se questionarem depois de ver as mudanças na vida e morte de Joe.

O filme também foi pré-indicado ao Oscar na categoria de melhor efeito visual.

 

Assista Online

 


 

sweet-tooth

 

A série é baseada na série homônima de HQs da Vertigo (selo da DC Comics). Conta a história de Gus, um menino-cervo que vive em um futuro pós-apocalíptico e faz parte de uma nova raça híbrida de humanos e animais, sai em busca de um novo começo na companhia de um protetor rabugento. Juntos, eles embarcam em uma aventura extraordinária por um planeta devastado e perigoso.

Traz temas atualíssimos retrata os "flagelos" da humanidade, desigualdade social, adoção, preconceitos e a loucura pandêmica. Tudo de forma muito leve, simples com aventuras, mistérios, reflexões sérias e profundas abordadas com simplicidade.

Classificação de público: 14 anos

 

Assista Online

 

 

LITERATURA

 

 

Aula do além

 

Aula do além (R.L.Stine)

Uma obra repleta de suspense e aventura, onde uma professora substituta chega e coisas estranhas começam a acontecer na escola perturbando muito Zacarias, um aluno curioso e medroso. O enredo dessa história é recheado de investigações e arrepios.

Vale a pena conferir mais essa aventura de R.L.Stine.

5º Ano - Professora Renata Cristina Zanolo Uemura

 

a-paciente-silenciosa

 

A paciente silenciosa

Alicia Berenson é uma pintora internada há seis anos num hospital psiquiátrico judiciário por ter matado o próprio marido e que, desde o dia do assassinato, não falou mais absolutamente nenhuma palavra. Theo Faber é um psiquiatra obcecado pela história de Alicia e que consegue ser admitido no hospital como terapeuta dela. Para Theo, com uma terapia diferenciada, Alicia voltará a falar e acredita que pode conseguir este feito, mesmo que muitos outros médicos já tenham falhado com a paciente, inclusive o próprio diretor do hospital. Será que Theo conseguirá descobrir o que teria levado Alicia a matar seu companheiro de apenas 33 anos com cinco tiros a queima roupa? E por que após esse crime Alicia preferiu calar-se?

Se você também é apaixonado por thrillers psicológicos não deixe de conhecer esse livro do autor Alex Michaelides e descobrir os segredos por trás deste mistério!

Classificação de público: Adultos


 

a-ilha-perdida

 

A ilha perdida

Henrique e Eduardo costumavam passar as férias na casa de seu padrinho onde também moravam seus primos, Oscar e Quico. A casa ficava um pouco longe de onde eles moravam (a região urbana). Certo dia Oscar e Quico começaram a contar histórias e lendas sobre a “ilha perdida” que ficava ali próximo da casa deles, era só atravessar o rio. Henrique e Eduardo ficaram curiosos e queriam visitar a ilha. Acharam uma canoa ali por perto e disseram aos seus tios que iriam visitar uma fazenda vizinha. E é nesse momento que começa a grande aventura desses meninos... Eduardo e Henrique resolvem explorar uma misteriosa ilha e descobrir se as histórias que ouvem sobre o lugar são reais. Acabam se envolvendo em uma grande aventura em que... Que tal ler o livro para descobrir!?

“O livro em si é cheio de perigos e aventuras, perfeito para pessoas que adoram esse tipo de livro.” (Vitor Henrique Poloni, 10 anos).

“Eu gostei deste livro porque ele traz um ensinamento de não maltratar a natureza e os animais. Indico para todos!” (Gabriela, 11 anos).

“Eu quando li o livro achei – o bem interessante. Li com minha turma e todos falavam um pouco do livro. Gostei dos personagens e recomendo “(Livia,10 anos).

“Eu gostei desse livro porque quando você lê, você começa a ter vários sentimentos diferentes, eu mesmo lia um parágrafo e não conseguia parar mais de ler” (Arthur Rossi Molaro).

“Este livro faz parecer que estou junto com Eduardo e com Henrique. Me emocionei muito, e quando acabou confesso que eu quis ler de novo.“(Marcos Gabriel da Silva Freire, 10 anos).

“O livro é perfeito! Ele me deixa com muita tensão nas horas que mais dá medo. Se eles não tivessem mentido para seus padrinhos não teriam ido parar na ilha.” (Gabriel Dias, 11 anos).

“Eu gostei do livro, já li duas vezes. Acho que Henrique e Eduardo são muito teimosos. Eu indico.” (Luiz Gustavo da Silva Macedo Silva, 10 anos).

“Eu gostei muito dessa história, porque ela mostra que desobedecer aos pais traz consequências. Eu recomendo” ( Gustavo Marques, 10 anos).

Depoimento dos alunos do 5º ano da professora Lólia.

 

a-ilha-perdida

 

Bichos malvados

Você já deve ter lido algum livro do autor Roald Dahl, um dos maiores contadores de histórias do mundo, livros como o “O BGA”, “Os pestes”, “Matilda”, “A fantástica fábrica de chocolate” e uma infinidade de outras obras. Algumas dessas obras viraram filmes e foram premiados.

Neste livro, juntou-se ao genial ilustrador Quentin Blake para criar um livro com rimas divertidas e imagens ousadas, imprevisíveis e surpreendentes. São nove histórias repletas de bichos malvados que vieram para dar voz e vez aos animais.

jogo

As tecnologias estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano e com a pandemia passou a ser um recurso muito utilizado para as aulas. Várias atividades vêm sendo desenvolvidas por meio de aplicativos e o aluno Huendrik Paulo dos Santos Oliveira (do 5º ano da Professora Juliana Rodrigues Araujo) buscando avançar em seus saberes matemáticos fez pesquisa de jogos educativos e indicou para sua turma.

Instalar Jogo

Projeto Cardápio Literário

professora-conectados

Nos meses em que as aulas estavam sendo realizadas remotamente e on-line a professora Jéssica do 4º ano, juntamente com seus alunos criaram um projeto com o uso do livro da biblioteca, e acabaram criando o “Cardápio literário” com o objetivo de dar autonomia aos alunos, que anteriormente tinham o habito de escolher seus próprios livros na biblioteca da escola.

Mas você sabe o que é um cardápio?

Cardápio é quando uma pessoa vai a um restaurante ou determinado local e tem a opção de escolher algo que lhe agrade para o consumo, e esse cardápio literário não foi diferente, pois já que os alunos não podiam ir à biblioteca, então fizemos com que a biblioteca chegasse até eles, mas de uma forma diferente. E assim puderam escolher os livros que gostariam de ler durante a semana.

O projeto funcionou da seguinte forma: Cada aluno respondia um questionário feito através do aplicativo google classroom que continha o nome e a capa de alguns livros, o aluno tinha direito a somente uma escolha e automaticamente esse livro era retirado da lista para que outros alunos não escolhessem o mesmo, ao final da votação a professora separava os livros e colocava dentro das pastas de materiais que seriam entregues na próxima entrega de material.

Ao final de cada semana os alunos faziam um vídeo contando um pouquinho da sua história, o que acharam da sua escolha, se indicariam esse livro para algum colega e o porquê.

Com o passar dos dias a atividade foi se tornando cada vez mais prazerosa e divertida, pois no momento das escolhas eles ficavam empolgados e sempre queriam ser os primeiros a escolherem por terem mais opções.

O objetivo deste trabalho foi resgatar o hábito e o gosto pela leitura, pois a leitura apresenta um importante papel no processo de ensino e aprendizagem, por isso que quanto mais se aprende, mais se lê e quanto mais se lê, mais se quer aprender. É um ciclo vicioso.

Mas agora com o retorno das aulas presenciais, finalmente podemos retornar aos poucos para a nossa querida biblioteca e assim usufruir de um bom hábito leitor que só se consegue lendo.

conectados

 

Nome Livro da Biblioteca
Isabella Rodrigues Manso Por favor, dê-me um abraço
Guilherme Ferreira Dias Aventuras no Minecraft – Criaturas do Nether
Matheus de Souza Marangoni Aventuras no Minecraft – Criaturas do Nether
Guilherme Victor Garcia Celin Tato o gato
Isabella Rodrigues Manso Por favor, dê-me um abraço
Vinicios Garcia Aventuras no Minecraft – Criaturas do Nether
Vitoria Sofia e o bosque das sombras em Os gnomos morecegos
Isabela PirolaCelin Em busca da cidade perdida
David Luiz de Andrade Filho Aventuras no Minecraft – Criaturas do Nether
Matheus Minecraft – Diários perdidos Explorando o Nether
Ana Beatriz A mentira da barata
Vinicios Garcia Bicho-papão pra gente pequena - Bicho-papão pra gente grande
Guilherme A orelha de limão
Lorena Batista Perin O urso com música na barriga
Ana Julia Matsui Por que os gatos não usam chapéu
Jhonatan Adriano A tartaruga e a boneca
Laura B. Oliveira Tato o gato
Leonardo A orelha de limão
Miguel Claro de Lira Era uma vez um cão
cruzadinha

jogo-7-erros

monica1

monica2

divertida5

divertida1

 

divertida2

 

divertida3

 

divertida4

 

JOGOS MATEMÁTICOS ONLINE

Os jogos são essenciais no processo de ensino-aprendizagem das crianças, pois além do entretenimento, eles também desenvolvem inúmeras habilidades, como foco, raciocínio e concentração.

Pensando nisso, as professoras Elisabete da Silva Barroso, Jéssika Silva dos Anjos e Simone Rota de Azevedo Santos, responsáveis pela Oficina De Matemática, desenvolveram jogos matemáticos online através do site “Liveworksheets”, trabalhando a disciplina de uma forma menos cansativa e tornando as aulas mais agradáveis e atrativas.

Os jogos online vêm de encontro com a nova realidade educacional no mundo tecnológico que estamos vivendo, e é preciso levar em conta a habilidade dessa nova geração denominada nativos digitais. As crianças utilizam a tecnologia para tudo, e através dos jogos conseguimos desenvolver as atividades de forma lúdica e prazerosa.

maria-julia-web
MARIA JULIA, 5º ANO T2

allana-julya-web
ALLANA JULYA, 2º ANO T3

maria-clara.png
MARIA CLARA, 5º ANO T3

miguel
MIGUEL, 3º ANO T1


brincadeira

Desde o mês de março de 2020 os dias vêm sendo muito desgastante sob vários aspectos em função da pandemia em que vivemos, os aspectos emocionais é um dos pontos mais delicados. Nos últimos meses o olhar para a disciplina de educação física se tornou muito importante, os exercícios e as atividades físicas são grandes aliados para o bom funcionamento da saúde mental e física.

Muitas pessoas pararam de realizar atividades e exercícios físicos devido à pandemia e suas restrições, sendo algo muito preocupante, pois o ser humano vive do movimento, quando deixa de realiza-lo provoca um mau funcionamento em seu organismo, e as consequências não são nada boas, pois gera uma diminuição da força muscular pela falta de estímulos dos músculos, aumento de gordura corporal, baixa imunidade, sem contar as questões emocionais.

A educação física, como disciplina curricular, desenvolve práticas de exercícios físicos que cuidam da saúde de uma forma global. As atividades realizadas não servem apenas para a manutenção da saúde física, mas também para a saúde mental, motora e socio afetiva. Quem pratica atividades físicas conta com a produção e liberação de hormônios como a endorfina, dopamina e seretonina, conhecidos como hormônios da felicidade.

Durante a pandemia os professores de educação física da rede municipal de ensino de Junqueirópolis, se esforçaram para enviar atividades aos alunos, de forma que possam ser adaptados com equipamentos domésticos.

A Utilização da tecnologia como celulares e computadores tem sido essencial para realizar a ponte que está doença derrubou. Por meio de algumas ferramentas aplicativos como o You Tube e do Whats App, os professores realizaram e enviaram suas atividades, procurando sempre dar um feedback aos seus alunos, procurando criar novamente esta ponte e motiva-los a movimentar-se.

Pensando nos problemas causados por essa pandemia e na inatividade de várias pessoas, os professores resolveram publicar duas atividades a qual foram enviadas no primeiro bimestre deste ano (2021), sendo ela muito fácil e muito divertida de realizar.


Brincadeiras e jogos da cultura popular Africana

TERRA / MAR

É uma brincadeira popular de Moçambique, que se tornou popular no Brasil. O jogo consiste em uma reta riscada no chão, onde um lado é terra e o outro mar.

MATERIAL

- Um cabo de vassoura ou qualquer objeto que possa dividir a área de realização da atividade em duas.

DESENVOLVIMENTO

Variação - Terra/Mar/Céu/Nuvem.

Para brincar, uma longa reta deve ser riscada no chão, também pode usar uma vassoura. De um lado se escreve “terra” do outro “mar”. No início todas as crianças podem ficar do lado da terra. Ao ouvirem “mar!”, todas devem pular para o lado do mar. Ao ouvirem “terra!”, pulam para o lado da terra.

Variação - as comandas tradicionais permanecem só que agora adicionaremos mais duas, ao ouvirem céu devem ficar com um pé no mar e o outro na terra. Ao ouvirem nuvem devem dar um giro de 180° com um pé de cada lado. Quem pular de forma errada de acordo com a comanda perde. O último a permanecer sem errar, vence.

Terra- pular ao lado correspondente a TERRA;

Mar - pular ao lado correspondente ao MAR;

Céu - saltar ficando com um pé do lado da TERRA e o outro no MAR;

Nuvem – Realizar um giro de 180° ficando com um pé do lado da TERRA e o outro no MAR.

OBS: Ainda podemos adicionar de acordo com a facilidade da brincadeira: direita, esquerda, animais do mar, animais da terra, animais do céu, etc.

Objetivo: Experimentar, fruir e recriar diferentes jogos e brincadeiras da cultura popular africana.

Desenvolver o raciocínio rápido, coordenação motora, deslocamentos laterais, percepção espacial.

jogo

 

 

Antes da atividade devemos realizar o ALONGAMENTO.

Benefícios: pré-alongar os grupamentos musculares, aumentar a temperatura corporal, liberar liquido sinovial nas articulações, estimular a flexibilidade, auxiliar na circulação sanguínea, redução do risco de lesões, dentre outras.

 


MSE Sistemas

Webmaster e Jornalista responsável:
Pedro V. Adami Jr.

Rua São Salvador, 890 - Sala 1 - Junqueirópolis/SP